Goleiro Alemão comete suicídio

O goleiro Robert Enke, da seleção da Alemanha e do Hannover, foi encontrado morto nesta terça-feira numa passagem de nível de uma linha férrea na cidade em Neustadt am Rübenberge. Segundo a polícia local, havia fortes indícios de que Enke, 32 anos, cometeu suicídio. A hipótese foi confirmada por Jor Neblung, assessor pessoal de Enke.

- Ele tirou sua própria vida. Atualmente não posso falar muito mais - disse o assessor ao site do jornal "Der Spiegel".

O jogador esteve afastado durante algum tempo nos meses de setembro e outubro por conta de uma misteriosa infecção. Apesar disso, Enke defendeu o gol do Hannover no último fim de semana, durante o empate por 2 a 2 com o Hamburgo, pelo Campeonato Alemão.

Time da Alemanha nas eliminatórias de 2010, jogo realizado em 2008.
Em pé: da esquerda para direita.
Robert Enke, Thomas Hitzlsperger, Sedar Tasci, Clemens Fritz, Heiko Westermann e Simon Rolfes
Agachados: Lukas Podolski, Philipp Lahm, Piotr Trochowski, Mirolsav Klose e Bastian Schweinsteiger

De 2007 para cá, o goleiro atuou em oito partidas pela seleção alemã. Pelo Hannover, foram 164 jogos neste período. Por conta da infecção, Enke não vinha jogando pela seleção desde setembro e também não foi chamado pelo técnico Joachim Löw para os amistosos com Chile e Costa do Marfim, em 14 e 18 de novembro.

No entanto, Löw deixou claro mais de uma vez que contava com o jogador para o grupo que disputará o Mundial de 2010.

Seleção Alemã sub-21 em 1999.
Em pé da esquerda para direita:
Marco REICH, Joerg SCHERBE, Alexander KLITZPERA, Stefan BLANK, Marcel MALTRITZ, e Ingo HERTZSCH
Agachados: Robert ENKE, Thorsten NEHRBAUER, Sebastian DEISLER, Fabian ERNST, Sascha ROESLER/GER TEAM (Photo by Michael Kienzler/Bongarts/Getty Images)

Enke na seleção de 2009, em jogo válido pelas eliminatórias de 2010.

nke nasceu em 24 de agosto de 1977, em Jena, e começou a carreira no Carl Zeiss, de sua cidade natal, antes de defender o Borussia Mönchengladbach. Ele passou ainda por Benfica (1999-2002), Barcelona (2002-2003), Fenerbahçe (2003), Tenerife (2004) e Hannover 96 (desde 2004).

Ele era casado e em 2006 perdeu sua filha Lara, então com dois anos, vítima de uma parada cardíaca. O goleiro havia adotado uma menina de oito meses em maio. À época, disse que havia então recuperado a alegria de viver.

Referências:

http://globoesporte.globo.com
http://www.gettyimages.com

1 comentários:

Vintage F.C 20 de novembro de 2009 16:41  

Hello,
Stéphane from the vintage football club. Your blog is genial too. Can you put my blog on your lista de blog.
http://thevintagefootballclub.blogspot.com
Best wishes
STEF

Postar um comentário