Club Athletico Paulistano completa 109 anos

Na foto acima do ano de 2000, o uniforme foi em homenagem ao Club Athletico Paulistano pelo seu centenário, atuando o primeiro tempo da primeira partida, contra o Avaí, vestindo o uniforme do "Glorioso" Paulistano.

O Club Atlhletico Paulistano é um clube poliesportivo brasileiro sediado em São Paulo, fundado em 29 de dezembro de 1900. Sua sede encontra-se no Jardim América, próximo ao centro da cidade. Formou um importante clube de futebol no início do século XX, tendo vencido o Campeonato Paulista onze vezes (1905, 1908, 1913, 1916, 1917, 1918, 1919, 1921, 1926, 1927 e 1929).

Até hoje, o Paulistano, que fechou seu departamento de futebol em 1929 (Sendo parte do processo para fundação do São Paulo FC), é o único clube a ter sido tetracampeão paulista consecutivamente, em 1916, 1917, 1918 e 1919. Nenhum clube paulista conseguiu igualar tal marca.

Em 1926 o futebol começava a partir para o profissionalismo e o Paulistano, fiel às raízes amadoras do esporte, foi contrário e fundou uma nova liga, a Liga dos Amadores de Futebol (LAF). A liga durou até 1929, quando o time resolveu fechar seu departamento de futebol.

Quando saiu dos campos, o Paulistano era disparado o melhor time do estado. Tinha onze títulos contra sete do Corinthians e três do Palestra, além de ter contado com Arthur Friedenreich que foi seu artilheiro por seis vezes.

Após o fechamento do departamento de futebol, uma grande parte de seus jogadores e alguns membros da diretoria fundaram o que é hoje o São Paulo Futebol Clube.

Referências:

http://pt.wikipedia.org

http://www.arquibancadatricolor.com.br

Read more...

Corinthians, Campeão Brasileiro de 1999

22/12/2009 completa 10 anos do campeonato Brasileiro conquistado pelo Corinthians em 1999 em cima do Atlético-MG.

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1999 foi vencido pelo Corinthians que, além de conquistar o seu terceiro título nacional (os anteriores tinham sido em 1990 e 1998), chegou a um raro bicampeonato consecutivo, assim como o Palmeiras em 1972/73 e 1993/94, o Internacional em 1975/76 e o Flamengo em 1982/83.

O Atlético/MG, que foi o primeiro Campeão Brasileiro em 1971, tornou-se vice-campeão pela terceira vez, mas continuou com apenas um título.

Neste ano, a CBF mudou o critério de rebaixamento, determinando que cairiam para a Série B em 2000 os quatro clubes que tivessem a menor média de pontos nos campeonatos de 1998 e 1999. A complexa forma de contagem de pontos, somada a decisões polêmicas do STJD, levaram o rebaixamento a ser questionado na Justiça Comum (ver item "A Polêmica do rebaixamento", abaixo), provocando alterações profundas no Campeonato Brasileiro de 2000, com a realização da Copa João Havelange. Neste torneio, Gama e Juventude foram convidados a disputar o Módulo Azul, considerado a primeira divisão, juntamente com os demais times da Série A de 1999, enquanto Botafogo FC e Paraná disputaram o Módulo Amarelo, considerado a segunda divisão.

Referências:

http://leofutebolmemoria.blogspot.com

http://pt.wikipedia.org


Read more...

West Ham United vice campeão da F. A. Cup em 1923

Time vice campeão da F. A. Cup em 1923, jogando contra o Bolton na inauguração do estádio de Wembley, um marco na história do futebol britânico. A inauguração ficou famosa pela aparição de uma multidão de 250 mil pessoas para assistir ao jogo. Muitas pessoas se viram obrigadas a invadir o gramado para escapar do aperto e impediam a realização da partida. A polícia teve de usar cavalos para afastar o público das quatro linhas e dar início à decisão, mesmo que sem muito conforto.

O West Ham United Football Club foi fundado em 1895 por trabalhadores de um estaleiro localizado no rio Tâmisa, em Londres, com o nome de Ironworks F.C. O nome West Ham passou a ser adotado em 1900.

O time joga no estádio Boleyn Ground, mais conhecido como Upton Park, nome da estação de metrô mais próxima, com capacidade para cerca de 35 mil lugares. O West Ham é um time que tradicionalmente joga de forma ofensiva (pelos padrões ingleses do futebol), por isto ganhou o apelido de “The Academy of Football”. Vale lembrar que o Palmeiras também é conhecido como a Academia. Os torcedores do clube recebem os apelidos de “The Hammers” e “The Irons”.

Uma curiosidade é que até 1989 o clube só havia tido cinco treinadores em toda a sua história. Aqui no Brasil os clubes também têm a mesma postura, só que são cinco treinadores por ano.

O clássico de maior rivalidade é contra o Millwall, um outro time de Londres. Neste jogo a rivalidade gigante e pode ser vista no filmes Hooligans.

A década de 60 é lembrada com saudosismo e alegria pelos “The Hammers”, coincidentemente época em que Steve Harris deve Ter começada a acompanhar futebol. Foi neste período que o time figurou como um dos principais da Inglaterra e da própria Europa. A equipe era comandada por um trio de craques: Geoff Hurst, Martim Peters e o incomparável Bobby Moore, craques que integraram a seleção inglesa campeã mundial de 1966. Bobby Moore era o capitão da equipe nacional, além de ser um cracaço e maior ídolo na história do West Ham. Outros jogadores conhecidos que atuaram pelo West Ham foram o italiano Di Canio, o croata Suker, o costa-riquenho Wanchope e o inglês Paul Ince.

O West Ham não é uma equipe grande, apesar de ser bem mais rica que muitos dos nossos clubes. Nasceram no West Ham três craques ingleses, que disputaram a Copa da Alemanha: Joe Cole, Rio Ferdinand e Frank Lampard. Com a venda deles ainda jovens, o clube ganhou alguns milhões de libras.

Recentemente passaram pelo clube os argentino Carlitos Tevez e Javier Masherano.

Referências:

http://whiplash.net

http://www.gardenal.org/balipodo



Read more...

Soprando a Velinha: Argentino Javier Saviola


River Plate 2000 - Em pé: Roberto Trotta, Eduardo Berizzo, Cristian Ledesma, Gustavo Lombardi, Roberto Bonano (arquero) e Leonel Gancedo.
Agachados: Juan Pablo Angel, Javier Saviola, Pablo Aimar, Diego Placente e Eduardo Coudet.

Agradecimentos: Gabriel Casazza, Isabel Cutileiro, John Simon e Sílvia

Nessa sexta-feira dia 11/12/2009 o Argentino Javier Saviola completa 28 anos de idade. O Ex-Jogador do River Plate-ARG, Barcelona-ESP, Mônaco-FRA, Sevilla-ESP, Real Madrid-ESP e Atualmente no Benfica de Portugal.

Ainda muito jovem Saviola iniciou sua carreira do River Plate aos 16 anos e logo obteve destaque no time do River Plate, formando o quarteto mágico com Saviola, Ortega e Angel, não demorou muito para ser convocado e transferido para Europa.

Algumas fotos de Saviola por suas equipes.

River Plate 2000 - Arriba: Roberto Trotta, Mario Yepes, Cristian Ledesma, Roberto Bonano (arquero), Gustavo Lombardi y Eduardo Coudet.
Abajo: Juan Pablo Angel, Javier Saviola, Leonel Gancedo, Ariel Ortega y Diego Placente.

Barcelona 2002 - Em pé: Patrick Kluivert, Phillip Cocu, Philippe Cristanval, Luis Enrique, Carlos Puyol e Roberto Bonano.
Agachados: Xavi, Thiago Motta, Gaizka Mendieta, Javier Saviola e Frank De Boer.

Monaco (FRA) temporada 2004 - 2005.

Seleção Argentina 2005 - Arriba: Juan Pablo Sortín, Roberto Abbondanzieri (arquero), Martín Demichelis, Roberto Ayala, Juan Román Riquelme y Wálter Samuel.
Abajo: Lionel Messi, Maximiliano Rodríguez, Sebastián Battaglia, Javier Saviola y Daniel Bilos.

Real Madrid 2006

Copa do Mundo 2006 - Arriba: Juan Pablo Sortín, Gabriel Heinze, Roberto Abbondanzieri (arquero), Nicolás Burdisso, Juan Román Riquelme y Roberto Ayala.
Abajo: Luis González, Javier Saviola, Hernán Crespo, Maximiliano Rodríguez y Javier Mascherano.

No Sevilla em 2008 ao lado dos Brasileiros Daniel Alves, Luis Fabiano e Adriano.

E por fim, no Benfica atualmente.

Referências:

Gabriel Casazza
Isabel Cutileiro
John Simon
Sílvia
http://elpelotaso.blogspot.com
http://foroazulgranablaugrana.blogspot.com
http://gloriosafuriavermelha.blogspot.com
http://lnx.saviolasite.com
http://pt.wikipedia.org
http://www.football-wallpapers.com
http://www.gettyimages.com
http://www.riverplate.com

Read more...

Vasco, Campeão Brasileiro Série B 2009

Em pé: Fernando Prass, Vilson, Titi, Tiago, Nilton, Gian, Dedé e Ernani.
Agachados: Ramón, Fágner, Amaral, Alex Teixeira, Carlos Alberto, Élton, Fumagalli, Philipe Coutinho, Paulo Sérgio e Aloísio.

O Sentimento nos trouxe de volta, Vasco 2x1 América-RN, 13/11/2009.

Depois de navegar por oceanos desconhecidos, o Gigante da Colina retornou a série A, voltando dentro de campo, assim como Corinthians, Coritiba, Atlético-MG, Grêmio, Palmeiras e Botafogo fizeram recentemente. Campeonatos equilibradíssimos em todas as séries do Brasileirão. Parabéns a Atlético-GO, Ceará e Guarani que subiram junto com o Vasco da Gama.

Em pé: Elton, Dedé, Gian, Nilton e Tiago.
Agachados: Fumagalli, Carlos Alberto, Adriano, Fágner, Amaral e Ramon.

Nas duas primeiras fotos podemos perceber o uniforme comemorativo ao acesso.

O Vasco e sua torcida mostrou sua força, quebrando recordes de público nessa temporada e na história da série B, parabéns a nação Vascaína.

Em pé: Fernando Prass, Vilson, Jean, Nilson, Élton e Paulo Sérgio
Agachados: Léo Lima, Amaral, Carlos Alberto, Ramon e Rodrigo Pimpão

Equipe que fez boa campanha na copa do Brasil, sendo desclassificada sem perder nenhum jogo nessa competição, saiu nas semi-finais para o Corinthians após dois empates, vergonhosamente ficou de fora por um penalty não marcado pelo arbitro da partida.

Valeu Vascão pelo ano de 2009, que 2010 o gigante da colina seja ainda melhor!!!

Referências:

http://www.crvascodagama.com

http://www.gettyimages.com/

Read more...

Goleiro Alemão comete suicídio

O goleiro Robert Enke, da seleção da Alemanha e do Hannover, foi encontrado morto nesta terça-feira numa passagem de nível de uma linha férrea na cidade em Neustadt am Rübenberge. Segundo a polícia local, havia fortes indícios de que Enke, 32 anos, cometeu suicídio. A hipótese foi confirmada por Jor Neblung, assessor pessoal de Enke.

- Ele tirou sua própria vida. Atualmente não posso falar muito mais - disse o assessor ao site do jornal "Der Spiegel".

O jogador esteve afastado durante algum tempo nos meses de setembro e outubro por conta de uma misteriosa infecção. Apesar disso, Enke defendeu o gol do Hannover no último fim de semana, durante o empate por 2 a 2 com o Hamburgo, pelo Campeonato Alemão.

Time da Alemanha nas eliminatórias de 2010, jogo realizado em 2008.
Em pé: da esquerda para direita.
Robert Enke, Thomas Hitzlsperger, Sedar Tasci, Clemens Fritz, Heiko Westermann e Simon Rolfes
Agachados: Lukas Podolski, Philipp Lahm, Piotr Trochowski, Mirolsav Klose e Bastian Schweinsteiger

De 2007 para cá, o goleiro atuou em oito partidas pela seleção alemã. Pelo Hannover, foram 164 jogos neste período. Por conta da infecção, Enke não vinha jogando pela seleção desde setembro e também não foi chamado pelo técnico Joachim Löw para os amistosos com Chile e Costa do Marfim, em 14 e 18 de novembro.

No entanto, Löw deixou claro mais de uma vez que contava com o jogador para o grupo que disputará o Mundial de 2010.

Seleção Alemã sub-21 em 1999.
Em pé da esquerda para direita:
Marco REICH, Joerg SCHERBE, Alexander KLITZPERA, Stefan BLANK, Marcel MALTRITZ, e Ingo HERTZSCH
Agachados: Robert ENKE, Thorsten NEHRBAUER, Sebastian DEISLER, Fabian ERNST, Sascha ROESLER/GER TEAM (Photo by Michael Kienzler/Bongarts/Getty Images)

Enke na seleção de 2009, em jogo válido pelas eliminatórias de 2010.

nke nasceu em 24 de agosto de 1977, em Jena, e começou a carreira no Carl Zeiss, de sua cidade natal, antes de defender o Borussia Mönchengladbach. Ele passou ainda por Benfica (1999-2002), Barcelona (2002-2003), Fenerbahçe (2003), Tenerife (2004) e Hannover 96 (desde 2004).

Ele era casado e em 2006 perdeu sua filha Lara, então com dois anos, vítima de uma parada cardíaca. O goleiro havia adotado uma menina de oito meses em maio. À época, disse que havia então recuperado a alegria de viver.

Referências:

http://globoesporte.globo.com
http://www.gettyimages.com

Read more...

25 anos de fundação do Holanda Esporte Clube – AM.

Equipe do Holanda de Rio Preto da Eva. Jordan (fisicultor) Weber - André Tavares - Neto - André Oliveira - Paulista - Tiago - Pastor - Picote - Ivanildo - RatinhoPirú - Marcelo - Marcos - Vilan - Buiú - Daniel - Hugo

Por http://www.timesdobrasil.hd1.com.br/

O Holanda Esporte Clube, foi fundado em 1984. O nome inspirou-se na seleção holandesa que ficou conhecida como laranja mecânica, na década de 1970. Disputou por muitos anos o campeonato de futebol da liga do Aleixo.O nome homenageia a seleção holandesa que ficou conhecida como "carrossel holandês" na década de 1970.

Em 21 de outubro de 2007 o Holanda Esporte Clube iniciou sua caminhada como clube profissional.O primeiro jogo foi marcado para a cidade de Itacoatiara, localizada a 260 km de Manaus e a 180 km de Rio Preto da Eva. A viagem foi marcada por fatos inusitados, que ilustram as dificuldades de quem faz esporte no Brasil, e particularmente no Amazonas, entre os quais dois ônibus com problemas mecânicos ficando na estrada, com os atletas chegando ao Estádio Floro Mendonça acomodados na carroceria de um caminhão. Superadas todas as dificuldades, o jogo foi difícil como se esperava, mas com um gol do atacante amazonense André Tavares (19 anos) o Holanda Esporte Clube venceu por um tento a zero.

O Holanda conta com o apoio da Prefeitura de Rio Preto da Eva.No dia 24 de outubro de 2007, a equipe conquista seu primeiro título da era profissional, ganhou o Troféu Cidade de Manaus, derrotando o Nacional B por 2 a 0 no Vivaldão.Neste mesmo ano, sob a direção de Paulo Radín e contando com o apoio do Prefeito Anderson, estabeleceu sua sede em Rio Preto da Eva e mudou para clube profissional, sem deixar de olhar com responsabilidade as questões sociais inerentes ao esporte.

Em 2008, já na elite do Futebol Amazonense, conquistou o torneio início, evento promovido pela Associação de Cronistas e Locutores Esportivos do Amazonas - ACLEA.No campeonato amazonense da série A, sagrou-se campeão do segundo turno, erguendo a Taça Cidade de Manaus. Disputou as partidas finais com o campeão do primeiro turno, o Nacional Fast Clube, que jogava por dois resultados iguais.No primeiro jogo, dia 30 de abril, o Holanda empatou sem gols com o Fast.

Na partida decisiva, dia 03 de maio, o Holanda, estreante na primeira divisão do Campeonato Amazonense, superou as próprias expectativas e acabou campeão do Estado, ao vencer o Fast Club por 1 a 0, no Estádio Vivaldo Lima, em Manaus. O único gol da partida saiu aos dez minutos de jogo, com Deurick, que decretou o fim das esperanças do Fast, que jogava por um empate para por fim a um jejum de 37 anos sem vencer o Estadual.

Série C 2008 e Copa do Brasil 2009O título estadual conquistado pelo Holanda lhe deu o direito de participar da Série C de 2008 e da Copa do Brasil de 2009. Na Série C, terminou em 27º lugar entre 63 clubes, tendo disputado a competição até a segunda fase, perdendo o direito de disputar a Série C de 2009(que classificava do 5º ao 20º lugares).Em sua primeira participação na Copa do Brasil em 2009, perde de virada em casa para o Coritiba por 2 a 1 no Vivaldão em Manaus, mas consegue o direito de fazer o 2º jogo em Curitiba. No segundo jogo, no Couto Pereira o Holanda foi superado pelo Coxa por 3 a 0 e é eliminado na primeira fase.

Rebaixamento à Série B amazonenseO sucesso do Holanda no Campeonato Amazonense em 2008 não se repetiu em 2009. Abalado pelos fracassos na Série C de 2008 e na Copa do Brasil de 2009, ainda sem poder atuar no município de Rio Preto da Eva, por conta de reformas no Estádio Francisco Garcia, o Holanda fez uma péssima campanha no Campeonato Amazonense de 2009, sendo rebaixado à Série B amazonense de 2010. Ficou na 9º colocação entre 10 times, com 9 pontos ganhos.

Read more...

Entrevista com Lindomar, o ídolo Atléticano

Por Silvinha Lima

http://dragoaacg.blogspot.com


Considerado um exemplo para a nova geração de jogadores de futebol e ás vésperas de completar 40 anos de idade Lindomar é um dos maiores ídolos da nação atleticana.

Com um condicionamento físico invejável e uma postura ética admirável ele é carinhosamente chamado pelos colegas de “garoto”.

Para a torcida ele é o “maestro” e em todas as vezes que é solicitado desempenha o seu papel de armador e organiza o meio campo com total competência.

Nome: Lindomar de Paula Queiroz
Nascimento: 20/05/1970, Inhumas - GO
Idade: 39 anos
Altura: 1,74 m
Peso: 73 kg

Clubes: Atlético Clube Goianiense, Corinthians, Gama, Ponte Preta, Guarani, Al Itihad (ARA) e Shabbab (ARA)

Títulos: 1990 - Campeão da Série C (Atlético)
1997 - Campeão Paulista (Corinthians)
1999, 2000 e 2001 - Campeão Brasiliense (Gama)
2003 e 2004 - Campeão da Liga Árabe (Al Shabbab)
2007 - Campeão Goiano (Atlético)
2008 - Campeão Brasileiro Série C (Atlético)

- COMO E QUANDO COMEÇOU A SUA CARREIRA?
Um amigo me levou pra fazer uma peneira no Atlético quando tinha 11 anos.

- QUAIS FORAM E SÃO SEUS IDOLOS NO FUTEBOL?
Sempre foi e será o grande Zico.

- QUAL O JOGO E O MOMENTO QUE CONSIDERA INESQUECÍVEL NA SUA CARREIRA?
O jogo e o momento inesquecível foi o da minha estréia como profissional, Atlético e Rio verde, ganhamos de 1 a 0 e fiz o gol da vitória.

- QUEM FORAM AS PESSOAS QUE MAIS TE INCENTIVARAM A SEGUIR NA SUA JORNADA?
Welton - esse amigo que me levou pra fazer a peneira e minha família.

- EM ALGUM MOMENTO SENTIU-SE TENTADO A ABANDONAR O FUTEBOL?
Sim.

- VOCE SE SENTE REALIZADO PROFISSIONALMENTE?
Sinto! ganhei vários títulos e isso me faz sentir realizado.

- COMO VOCE VÊ O “MERCADO” ATUAL DA BOLA?
Esta um pouco escasso de grandes jogadores, principalmente no Brasil.


- QUAIS SÃO OS SEUS PROJETOS PARA O FUTURO?
Ajudar o Atlético a subir para a primeira divisão e disputa-la no próximo ano.


Read more...

Botafogo, campeão Brasileiro de 1995

Time posado do Botafogo campeão Brasileiro de 1995.
Da esquerda para direita:
Em pé: Guto, Wilson Goiano, Gonçalves, Beto, Gottardo e Wagner
Agachados: Túlio Maravilha, Dozinete, Moisés, Sérgio Manoel e Leandro Ávila

Por Saulo Milleri Biral (http://saulobotafogo.blogspot.com)

O ano de 1995 foi triste, mas no final foi alegre. Triste por que perdi o meu pai e no final do ano fiquei sorrindo com a conquista do Brasileirão.

Eu tinha apenas 10 anos de idade e desde os 7 anos já torcia como um louco pelo Botafogo. O Botafogo nesse ano tinha um grande time, um time lutador, guerreiro e jogava com alegria. Era um prazer ver os jogos nesse ano glorioso.

Todos foram importantes, mas me lembro de alguns jogadores que foram fundamentais para essa grande conquista.

Wilson Goiano e Gonçalves que eram os paredões, tirando o perigo na área do Botafogo. Beto e Gottardo que jogavam de mais e criavam boas jogadas. Wagner, que salvou na final contra o Santos e não podemos esquecer disso. Donizete, a pantera. O Donizete arrebentou nesse ano. O grande Sérgio Manoel e o Túlio Maravilha, um dos nossos grandes ídolos que já tivemos. O Túlio é inesquecível para nós.

Eu moro no Interior do Espírito Santo, em Nova Venécia e aqui foi uma festa que durou o dia todo. Tem muito torcedor do Botafogo no Espírito Santo e o Estado ficou em festa. Aliás, no Brasil todo.

Portanto, esse ano foi muito marcante para a minha vida e não vou esquecer jamais. Não vou abandonar o meu fogão nunca nessa vida e não vou esquecer o meu pai também.

Referências:

http://www.flickr.com/photos/maurokinjo

http://leofutebolmemoria.blogspot.com

Read more...

Soprando a Velinha: Ronaldo (Fenômeno) atacante do Corinthians.

Time do Cruzeiro campeão Mineiro de 1994. Nomes da esquerda para direita:
Em pé: Paulo Roberto, Dida, Célio Lúcio, Rogérioo Lage, Luizinho e Nonato.
Agachados: Ademir, Ronaldo, Catê, Luiz Fernando e Roberto Gaúcho.

Na próxima terça-feira (22/09) completará 33 anos um dos maiores atacantes de todos os tempos, Ronaldo Luís Nazário de Lima, conhecido também como Ronaldo, Ronaldinho ou Ronaldo Fenômeno. Para mim, és um grande fenômeno; como a bola nos pés na temporada de 1996/1997 fez absurdos jogando futebol, de onde recebeu o apelido de fenômeno, já nos dias atuais ainda faz muito mais que vários atletas pelo mundo, mas é mais um fenômeno do Marketing do que de futebol, mas ressurgiu das cinzas em vários momentos, o que merece o respeito de todos, inclusive o meu, pois não é qualquer um que passar por graves contusões com ele passou e que consegue dá a voltar por cima.

Iniciou seu caminho no futebol no futsal do Valqueire Tênis Clube[3] , transferindo-se cedo para o Social Ramos Clube do Rio de Janeiro, para logo em seguida mudar-se para o São Cristóvão, também carioca. Porém foi no Cruzeiro que se profissionalizou e alcançou a fama como atleta no segundo semestre de 1993.

Não irei escrever aqui a história de Ronaldo, que muitos conhecem e existem inúmeras informações a respeito desse jogador, o post é apenas para lembrar essa data e mostrar alguns times posados em que Ronaldo atuou.

Time posado do Barcelona, campeão da Copa UEFA em 1997. Nomes da esquerda para direira.
Em pé: Gheorghe Popescu, Vitor Baia, Fernando Couto, Abelardo, Luis Enrique e Josep Guardiola.
Agachados: Ronaldo, Ivan De La Pena, Sergi, Albert Ferrer e Luis Figo

1998: Time da Inter de Milão. Nomes da esquerda para direira.
Em pé: Ze Elías, Francesco Colonnese, Javier Zanetti, Gianluca Pagliuca eTaribo West
Agachados: Diego Simeone, Youri Djorkaeff, Luis Iván Zamorano, Aaron Winter, Salvadore Fresi e Ronaldo.

Grave Contusão na Inter de Milão

2002: Inter de Milão: Nomes da esquerda para direira
Em pé: Nicola VENTOLA, Clarence SEEDORF, Francesco TOLDO, Marco MATERAZZI e Javier ZANETTI
Agachados: RONALDO, Salvatore FERRARO, Emre BELOEZOGLU, Luigi DI BIAGIO, Christiano ZANETTI e Stephane DALMAT

2002: Real Madrid. Nomes da esquerda para direira
Em pé: Iker Casillas, Ivan Helguera,Pavon, Figo, Ronaldo e Zidane.
Agachados: Makelele, Michele Salgado, Roberto Carlos, Raul e Beckham.

Outra grave contusão de Ronaldo, novamente da Itália pelo Milan.

Time do Corinthias posado em 2009, pela segundo jogo das semifinais da copa do Brasil diante do Vasco. Nomes da esquerda para direita:
Em pé: Chicão, Diego, Alessandro, William e Felipe
Agachados: Cristian, Dentinho, Elias, Jorge Henrique, Douglas e Ronaldo

Números de Ronaldo.

RECORDES:

- Maior artilheiro de copas do mundo com 15 gols
- Melhor jogador do mundo pela FIFA em 1996, 1997 e 2002
- Segundo melhor jogador do mundo pela FIFA em 1998
- Terceiro melhor jogador do mundo pela FIFA em 2003
- Chuteira de ouro em 1997
- Melhor jogador da Europa pela revista Onze de Oro em 1997 e 2002
- Melhor jogador na final do Mundial Interclubes em 2002
- Melhor jogador do mundo pela revista World Soccer em 1996, 1997 e 2002
- Troféu Bravo em 1997 e 1998
- Bola de ouro pela revista France Football em 1997 e 2002
- Melhor jogador da Copa do Mundo pela FIFA em 1998
- GoldenFoot em 2006
- Melhor jogador do Campeonato Paulista em 2009


Clubes:

1991 – 1993: São Cristovão – RJ (Amador)
1993 – 1994: Cruzeiro
1994 – 1996: PSV Eindhoven (HOL)
1996 – 1997: Barcelona (ESP)
1997 – 2002: Inter de Milão (ITA)
2002 – 2007: Real Madrid (ESP)
2007 – 2008: Milan (ITA)
2009 - : Corinthians


Referências:

http://pt.wikipedia.org

http://terceirotempo.ig.com.br/quefimlevou

http://ultimosegundo.ig.com.br

http://www.cruzeiro.com.br

http://www.gettyimages.com

http://www.iffhs.de


Read more...

Soprando a Velinha: Marcio Santos, ex-zagueiro da Seleção Brasileira, São Paulo, Santos, Ajax-HOL entre outros.

Time do São Paulo em 1998 posado, da esquerda para direita.
Em pé: Edmilson, Rogério Ceni, Zé Carlos, Gallo, Márcio Santos e Capitão
Agachados: Aristizabal, Dodô, Denílson, Fabiano e Marcelinho Paraíba.

Nascido em 15/09/1969 Márcio Roberto dos Santos completa nessa terceira-feira 40 anos. Iniciou sua carreira no Novorizontino, de Novo Horizonte (SP). Atuou por vários clubes do Brasil e do mundo, sendo Tetra Campeão do Mundo em 1994 (http://retratonaparede.blogspot.com/2009/06/24-anos-espera-do-tetra.html) com a Seleção Brasileira, formou a defesa daquela seleção ao lado de Aldair.

Seleção Tetra Campeã do Mundo em 1994, da esquerda para direita.
Em pé: Taffarel, Jorginho, Aldair, Mauro Silva, Marcio Santos e Branco.
Agachados: Mazinho, Romário, Dunga, Bebeto e Zinho

A estrela de Márcio Santos brilhou nos Estados Unidos. Não jogou a primeira partida como titular, já que era reserva imediato de Ricardo Rocha. O camisa 3, porém, se machucou logo na estreia e abriu espaço para o paulistano. Resultado: a defesa foi a melhor do Mundial, com somente três gols sofridos. Márcio Santos ainda marcou um gol de cabeça, na vitória por 3 a 0 sobre Camarões, mas perdeu um pênalti na decisão contra a Itália.

Clubes que atuou.
1987 – 1990: Novorizontino (SP)
1990 – 1991: Internacional (RS)
1992: Botafogo
1992 – 1994: Bordeaux – FRA
1994 – 1995: Fiorentina – ITA
1995 – 1997: Ajax – HOL
1997: Atlético (MG)
1997 – 1999: São Paulo
2000: Santos
2001: Jinan - CHI
2001: Gama (DF)
2001: Shandong Luneng Taishan – CHI
2002: Paulista
2003: Bolívar – BOL
2003: Joinville (SC)
2004 – 2006: Portuguesa Santista

Em um de seus últimos jogos pelo Ajax, foi expulso aos 17 segundos de jogo por dar uma rasteira por trás em um jogador do PSV. Deixou o Ajax e voltou ao Brasil, para jogar no Atlético-MG.

Time do Santos em 2000 posado da esquerda para direita.
Em pé: Galván, Marcio Santos, Carlos Germano, Michel e Rincón.
Agachados: Valdo, Valdir Bigode, Dodô, Baiano, Robert e Dutra.

Time do São Paulo em 1999 posado da esquerda para direita.
Em pé: Edmilson, Rogério Ceni, Nen, Jorginho, Marcio Santos e Paulão.
Agachados: Sandro Hiroshi, França, Carlos Miguel, Marcelinho Paraíba e Fábio Aurélio.

Atualmente, afastado dos gramados, reside em Balneário Camboriú (SC), onde possui um shopping center. Eventualmente atua em partidas de Masters ou comemorativas. Em 19 de abril de 2008, sofreu um acidente vascular cerebral e foi internado em Balneário Camboriú. Sem seqüelas graves, deixou o hospital cinco dias depois.

Referências:

http://pt.wikipedia.org

http://www.fanaticosantista.com.br

http://www.futebolinterior.com.br

http://www.museudosesportes.com.br

http://www.zerozero.pt

Read more...