Bulgária (1994), de um Hristo

Na melhor copa de todos os tempos, onde se decidiu um tetra pela primeira vez, onde pela primeira vez na história a final foi decidida por pênaltis, à Bulgária formou sua melhor seleção de todos os tempos, copa em que foram batidos todos os recordes de público, de gratas surpresas e de grandes ídolos como Hagi, Popescu, Romário, Klinsman, Baresi, Baggio, Stoichkov, Maradona, Cannigia, Okocha entre outros. A Bulgária que até ali em 6 participações anteriores jamais havia vencido um jogo de copa do mundo foi à primeira colocada de um grupo que tinha Argentina, além de eliminar a Alemanha grande favorita e atual campeã por 2 x 1 nas quartas de final.

A grande Magia da equipe estava no pé ( Ótimo pé, diga-se de passagem) esquerdo de Hristo Stoichkov ídolo também no Barcelona, onde formou uma infernal dupla de ataque ao lado de Romário. Sempre calibrado com seu pé esquerdo Stoichkov se fez presente nos momentos importantes da copa, sendo um dos artilheiros da competição ao lado do Russo Salenko. Hristo era ajudado por bons operacionais como L. Penev, Kostadinov, Ivanov (Força e agilidade na defesa), Mihailov (Capitão e segurança em suas defesas) e o carequinha e pulmão da equipe Letchkov. O Meio-campista Balakov, que pela primeira vez em sua carreira jogou para o mundo inteiro ver. Balakov cobriu uma boa parte do meio de campo Búlgaro e quase toda ligação da defesa com o ataque passava pelos seus pés com passes extremamente precisos. Letchkov emergiu com a voz do técnico dentro de campo, seu jogo hábil era uma ligação perfeita no meio de campo. Protegendo a defesa estava Yankov guarda da equipe para que os meias tivessem a tranqüilidade de criar as jogadas. Uma equipe muito boa tecnicamente e principalmente taticamente, Damitar Penev conseguia alterar seu esquema de jogo quando julgasse necessário, e sempre jogando um futebol agressivo e surpreendente a Bulgária foi trilhando seu maior caminho em sua história. Um futebol convincente e com seu técnico descontraído a beira do gramado ajudaram sempre a Bulgária principalmente nos momentos difíceis. D. Penev trouxe uma boa base CSKA Sófia onde foi duramente criticado por levar essa base à copa, base essa que meses depois foi dignamente elogiada pelo mundo inteiro, D. Penev acreditou e mostrou que conhecia e tinha o time em suas mãos apesar do temperamento fortíssimo de seu maior craque.

Esse amadurecimento e experiência da seleção Búlgara na copa de 1994 deve ser levada em conta à queda da União Soviética, o País abriu suas portas ao comércio de jogadores para os clubes riscos de todo o mundo, buscando bons talentos e baratos. Stoichkov começou retrucado no Barcelona, Balakov e Kostadinov foram a Portugal. Esse processo ajudou a mostrar os jogadores Búlgaros, antes totalmente desconhecidos e os expondo a liga Européias superiores ao futebol jogado em seu país. Com isso os jogadores foram buscando e trazendo para seu País e jogadores mais novos as experiências e técnicas adotadas por onde jogavam, essa migração de valores ficou muito fortalecido nessa época, e a França que o diga, com um gol de Kostadinov aos 90 minutos nas eliminatórias, deixou a França fora do Mundial dos E.U.A. Já na copa a equipe perdeu de 3 x 0 para Nigéria, e em seguida venceu a Grécia por 4 x 0 onde conquistaram a primeira vitória de seu país em copa do Mundo, no último jogo da primeira fase venceu os Argentinos por 2 x 0, e na seqüência passaram por México e os temidos Alemães, tendo sua felicidade interrompida pela Itália nas semifinais e perdendo a decisão de terceiro lugar para Suécia. Desde então a Bulgária até os dias de hoje nunca conseguiu montar um escalão que chegasse perto dessa seleção, umas das melhores do mundo no ano de 1994.

Comentários (8) http://fotolog.terra.com.br/retratonaparede:7

Em 17/04/2006, às 14:32:36, Rodrigo (demente) fotolog disse: Grande Fotolog. Acho até que merece estar entre os destaques ;-) Hristo Stoichkov foi um dos jogaderes europeus que mais aliaram a raça com a técnica e ojetividade.


Em 17/04/2006, às 14:36:22, Enzo disse: Parabéns pelo excelente material, deve ser mais divulgado. É um prazer ver essas fotos e lembranças disponíveis.

Em 17/04/2006, às 15:18:40, gleidson disse: Concordo com o que disse o tal de (demente), realmente um material deste merece destaque.

Em 17/04/2006, às 15:47:05, geovane_pereira1@terra.com.br página pessoal e-mail disse: Saudozismo é muito bom meu amigo, mas até vc falar q o São Paulo será o melhor do Brasil e da América do Sul vai longe hein!!! Abraços....

Em 20/04/2006, às 09:39:40, Elisabete fotolog disse: campanha continua... ....................\.\.~.~././ ................... ........................(@.@) ...................... ..... ====oOOo=(_)=oOOo=======l .............participe da campanha.......... .........(F.F.F.) Faça um flogueiro Feliz... ........deixando um comentario para .... ........mim que eu vou ficar muito feliz.. .............e vou deixar um para vc....... ......========tá?=====Oooo=========== ...............ooo0...............(........) ...............(.......)..............)...../ ................\.....(..............(__./ .................\.__)

Em 12/06/2006, às 00:29:35, Fellipe disse: Parabéns ..aonde conseguiu essas informações?? falow

Em 3/07/2006, às 07:23:43, Jennifer ohana gonçalves disse: ~

Em 8/04/2009, às 20:03:28, Thiago Barros e-mail disse: Muito legal esse fotolog. A Bulgária foi realmente incrível. Pena que hoje em dia a seleção da Bulgária não consiga sequer chegar nas grandes competições.

2 comentários:

Fabio Farias 13 de julho de 2009 13:33  

E aí, Marcio!

Dava mesmo gosto ver essa seleção jogar. Primeiro que é sempre bom ver equipes surpreendendo na copa. Ainda mais as do leste europeu, que particularmente gosto muito. Segundo que os caras tinham uma raça absurda, deram a vida por aquele time.
Concordo, a Romenia tb foi fantastica. Alias, tres times inesqueciveis: Bulgária 94, Romenia 94 e Croácia em 98. Vamos ver se ano que vem aparece alguma supresa.
Ótimo blog, gostei da idéia do "retrato na parede"
Abraço
Fábio

FMT 4 de junho de 2010 15:43  

Essa seleção bulgara era incrível, Stoichkov talvez na época fosse o melhor jogador europeu.

E só não chegou nas finais por falta de experiência.

Postar um comentário