Brasil de Pelotas, 97 anos de História

Em pé: Matheus, Rodrigo Feijão, Régis, Glauber e Alex Martins.
Agachados: Cláudio Milar, Evaldo, Marcos Basílio, Reinaldo, Maykon e Júlio.

Postado por Retrato na Parede em 07/09/2008

Parabéns ao Grêmio Esportivo Brasil por completar hoje 97 anos de história. Sabemos que muitos times ficam pelo caminho antes mesmo do seu centenário, e o Brasil-RS segue firme. Por falar em Brasil, o time foi fundado num mesmo 7 de setembro que marca a independência do Brasil.

O Brasil foi o campeão da primeira edição do Campeonato Gaúcho (que reunia os campeões da região Pelotas/Bagé e Porto Alegre/São Leopoldo), em 1919. Para disputar a final, o Brasil foi campeão regional invicto, com a seguinte campanha: 3x0 Rio Branco, 8x0 União, 3x2 Ideal e 6x1 Guarany.

Em 1950, o Brasil excursionou ao Uruguai para enfrentar a Seleção Uruguaia, que preparava-se para a disputa da Copa do Mundo de 1950. De forma histórica, venceu a Celeste Olímpica em pleno Estádio Centenário por 2x1, gols de Darci e Mortosa. O time base do Brasil era Tibirica, Seara, Tavares, Dario, Taboa, Mortosa, Manuel, Darci, Galego e Lombardini. Técnico: Chico

Em 2008, apesar da não muito boa campanha no Campeonato Gaúcho, o Brasil faz ótima campanha na Série C de 2008. A meta inicial era se classificar para a nova Série C de 2009 para depois pensar na vaga na Série B. O Xavante passou da Primeira Fase e da Segunda também, e agora vai disputar a Terceira Fase já sabendo que vai estar garantido na nova Série C 2009. A próxima meta do clube agora é tentar subir para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Veja um pouco a história do Brasil de Pelotas, RS.

A história do G.E.Brasil teve início depois de uma divergência entre dirigentes e jogadores do Sport Club Cruzeiro do Sul, que era mantido e dirigido por funcionários da Cervejaria Haertel. O campo do S.C. Cruzeiro do Sul situava-se num terreno ao lado da Cervejaria Haertel. Certo dia, colaboradoes do clube, que estavam colocando uma cerca ao redor do campo, viram chegar no local alguns rapazes, jogadores do S.C.Cruzeiro do Sul, os quais de imediato foram treinar. Este fato irritou aqueles que estavam trabalhando na referida cerca. Mandaram que os outros parassem com o jogo e fossem ajudá-los. Frustados os rapazes foram embora. Por ironia do destino, dois daqueles rapazes inconformados com o ocorrido caminharam até um terreno próximo ao local onde hoje está situado o estádio do G.E.Brasil, ficaram ali sentados na grama pensando e discutindo a idéia de fundar um time de futebol, eram eles os saudosos Breno Corrêa da Silva e Salustiano Brito.

Resolveram eles marcar uma reunião de fundação do clube que teve como lugar o prédio de nº56 da rua Santa Cruz, em Pelotas, residência do Sr. José Moreira de Brito, pai de Salustiano. Ficando a sua primeira diretoria assim constituida: Dario Feijó, presidente; Silvio Corrêa da Silva, vice; Walter da Rocha Pereira, 1º secretário; Raymundo Pinto do Rego, tesoureiro; Breno Corrêa, adjunto; Manoel Joaquim Machado, Ulysses Dias Carneiro, Manoel Ribeiro de Souza, Nicolau Nunes, Paulinho Dias de Castro e Mário Reis, diretores; E estava fundado o G.E.Brasil em 7 de setembro de 1911, extamente na data comemorativa a Independência do Brasil.

Alusivo a este fato, foi decidido que as cores da camiseta seriam verde e amarela. Possivelmente, as cores inicialmente adotadas no fardamento do G.E.Brasil, seja o primeiro fato histórico da rivalidade com o E.C.Pelotas. Naquela época houve muita polêmica porque o fardamento dos dois clubes eram parecidos. Como o E.C.Pelotas inspirou-se nas cores do Clube Caixeral (azul e amarelo) para seu fardamento, o G.E.Brasil resolveu adotar as cores do Clube Diamantinos (vermelho e preto), mudando então as cores do fardamento.

Referências:
http://www.brasildepelotas.com/
http://pt.wikipedia.org

Comentários (4): http://fotolog.terra.com.br/retratonaparede:48

Em 10/09/2008, às 19:36:57, Carlos Barbosa disse: Que neste ano possamos ter momentos de felicidade maior com o nosso XAVANTE na série B

Em 11/09/2008, às 18:03:03, andréé disse: rubrooo-negroooo!!muito mais que um vicio,muito mais que amor é meu xavante querido a raça do interior!!

Em 19/01/2009, às 16:57:38, Giuseppe Rissi e-mail disse: E uma dor muito forte vendo uma estrytura profissional montada como o BRASIL DE PELOTAS, e agora sendo destruturada pela ironia do destino com a perda de trez valorosos profissionais.Eu como brasileiro morando aqui na Italia, peço a Deus muitas forças aos familiares daqueles que se foram, e nos brasileiros pedimos a Deus paz e conforto ao plantel do BRASIL DE PELORAS....Nossas condolencias

Em 13/05/2009, às 00:54:25, Rubem Possolino e-mail disse: Morei em Bagé. Torço pelo Guarany. Tenho enorme admiração pelo G. E. Brasil de Pelotas. Guardo grandes recor dações daquele Brasil de Tibirica, Osvaldo, Duarte, Jari, Seara, Negrito, João Borges, Murtosa, Joaquinzinho, Gitinha, Caizé e tantos outros, por isso peço encarecidamente que envie-me informações sobre a carreira desses jogadores, suas cidades de origem, como e quando iniciaram suas carreiras no Xavante, e muito mais. Ficarei eternamente grato!

0 comentários:

Postar um comentário