Operário Ferroviário E. C. DE 1918

Em pé: Serra, Tufy Nejen e Alexandre bach; ajoelhados: Henrique Piva, Lima e José Frehse; sentados: Pedro Azevedo, Ewaldo Meister, Tito Piva, Paulistinha e Ludovico Brandalize.

Postado por Retrato na Parede em 30/04/2009

Um dos primeiros registros fotográficos do time do Operário Ferroviário: a foto é de 20 de janeiro de 1918, da equipe que derrotou o Internacional de Curitiba por 2 x 0.

Por Marcio Kidura

O Operário Ferroviário de Ponta Grossa completa 97 anos nesta sexta-feira, dia 1º. de maio. Fundado em 1912, o clube é o segundo mais antigo do Paraná em atividade. O primeiro é o Coritiba, que surgiu em 1909.

A Origem do Clube

O Operário nasceu da fusão do time da Rede Viação Paraná-Santa Catarina e alguns jogadores do Riachuelo Sport Clube. Existe a versão de que o clube surgiu do Tiro de Guerra. Historicamente ficou definida a data de fundação do clube como 1º de maio de 1912, mas não existe nenhum registro oficial. Um ano depois, no dia 07 de abril de 1913, o jornal DIÁRIO DOS CAMPOS trouxe a seguinte matéria em sua primeira página:
“Temos a honra de levar ao vosso conhecimento que hoje, em Vila Oficinas, com grande número de pessoas propensas a fundação de uma sociedade esportiva de foot ball, em sessão ordinária foi eleita a primeira diretoria desta associação denominada de Foot Ball Clube Operário Pontagrossense, que deverá reger os destinos do mesmo durante o primeiro ano de sua fundação.”

Os Fundadores
Os registros apontam para os seguintes nomes dos fundadores do novo clube: Raul Lara, João Simonetti, Joaquim Eleutério, Victorio Maggi, Oscar Marques, Henrique Piva, Michel Farhat, João Holzzmann Júnior, Ewaldo Meister e Alexandre Bach.

O primeiro Time – 1913
Em 1913 foi formado o primeiro time da história do Operário para as disputas de jogos amistosos e das primeiras competições locais e estaduais. A escalação da equipe, neste ano, foi a seguinte: José Moro, Pedro Azevedo, Alexandre Bach, Henrique Piva, João Simonetti, Souza, Ewaldo Meister, Adolfo Piva, Holger Mortensen e Ernesto.

Fusão em 1933
O nome Operário Ferroviário Esporte Clube, como é conhecido hoje em dia, surgiu da fusão entre o Operário Sport Club e o Club Atlético Ferroviário, que era o grêmio dos funcionários da Rede Ferroviária. Na reunião realizada em 15 de maio de 1933, presidida por Luiz Guimarães, ficaram decididas as cores preta e branca e o nome atual. Participaram da reunião 48 associados.
A influência dos ferroviários foi decisiva para a formação das equipes de futebol que representaram o clube e também para o crescimento do patrimônio, uma vez que o local onde hoje está erguido o Estádio Germano Kruger pertenceu à Rede Ferroviária, bem como os terrenos da sede social.

CURIOSIDADES
Entre altos e baixos em suas campanhas dentro do futebol profissional, o Operário Ferroviário, desde os anos 50 e 60 é conhecido como FANTASMA DA VILA, por assombrar os grandes clubes da Capital.
Em 1979, aproveitando o inchaço de clubes no Campeonato Brasileiro promovido pela antiga CBD, o clube participou pela primeira vez de uma competição nacional.
Em 1981, o Operário participou do quadrangular final do Campeonato Paranaense, com grande campanha.
Em 1989, voltou a disputar o Campeonato Brasileiro, na segunda divisão e em 1990 ficado em 3º lugar, faltando pouco para chegar à Primeira Divisão.
Entre 1990 e 1992 o clube ficou entre os três primeiros colocados no Campeonato Paranaense, assustando novamente os grandes da Capital.


Referências
http://operario.com
http://pt.wikipedia.org
www.federacaopr.com.br



Comentários (3):

Em 1/05/2009, às 07:58:23, Eduardo Rodrigues disse:
Hj é dia de festa no Germano!


Em 1/05/2009, às 10:47:58, Victor Kaminsky disse:
Esse é o glorioso fantasma de vila oficinas!
Em 1/05/2009, às 11:30:13, Edgar Ribas disse:
Hoje o Germano vai tremer *-*

1 comentários:

Marcos Borkowski 29 de julho de 2009 03:36  

Belo histórico, uma pena só que está sua primeira foto seja do Guarani Sport Clube e não do Operário Ferroviário.

Mas não esquenta não, isto é um erro que está presente inclusive no site da Federação Paranaense. Já solicitei está correção à eles, mas já se passaram uns três anos e até agora nada.

Postar um comentário